Páginas

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Pão de Dente de leão, um toque especial!



Esta semana decidi por em prática uma ideia que tinha em mente há já algum tempo...
Pão com dente de leão, sim ouviram bem; aquela erva inofensiva, que na Primavera e Verão enche os prados de encanto dourado, com a sua beleza tímida e perfumada de mel.
O dente de leão, uma planta com grande valor medicinal, é também um elemento interessante na gastronomia. Toda a planta é usada, desde a raiz (apartir da qual se fazem bebidas a partir das raízes secas, e para outros usos medicinais) às folhas (deliciosas em saladas ou levemente cozinhadas), até mesmo as maravilhosas flores (para xaropes, pães, saladas, chás etc etc).

Não é a minha estreia com dente de leão, por isso espreitem aqui.
Desta vez usei as inflorescências secas que colhi durante o Verão.

Rende 2 pães.

Ingredientes
Para deixar de molho durante a noite
60gr sementes de abóbora
20gr sementes sesamo
5gr de sal fino
10gr de mel
150ml de água

Para a massa
300gr farinha de trigo para pão
200gr farinha de centeio (usei metade integral, metade peneirada)
100gr de farinha de trigo integral
10gr de flores secas de dente de leão (uma mão cheia)
10gr de óleo
10gr fermento seco (ou o dobro se usarem fermento fresco)
250ml água

Farinha + sementes de sesamo para a cobertura



Modo de preparo
De véspera, misturamos as sementes, o mel, o sal e a porção de água acima indicadas. (Este método tornará as sementes mais digeríveis)



No próprio dia, começamos por combinar todos os ingredientes secos, incluindo as flores (separar cuidadosamente as pétalas), depois pouco a pouco juntamos a mistura do dia anterior, assim como a restante água e o óleo.
Se usarem o robot de cozinha, optem pelo gancho. 
Se fizerem à mão, amssar vigorosamente até obterem uma massa fofa e elástica.

Dividir a massa em duas partes iguais e formar 2 bolas de massa. Cobrir com um pano e deixar descansar em local quente por 20 minutos.

Entretando pré aquecer o forno a 250ºC.
Passados 20 minutos, formar 2 pães ao vosso gosto. Pincelar os pães com água e cobrir com farinha e sementes de sesamo.
Tapar os pães com um pano de deixar levedar por 30/50 minutos em local quente.

Preparar um tachinho com água a ferver, para criar o efeito vapor.

Golpear o pão e levar ao forno, vaporizar o forno com água, ou verter água quente para um tabuleiro inferior. Fechar a porta do forno muito rapidamente para que todo o vapor fique retido no interior do forno.
Reduzir a temperatura para os 230ºC. Cozer por cerca de 35 minutos.

Deliciem-se!








12 comentários:

Carla disse...

Gostei muito deste pão. Este fim de semana ocorreu-me um pão com infusão de flores de jasmim, um dos meus chás preferidos. Está a ideia a amdurecer.
Beijinhos

Sandra Barradas disse...

Que lindas fotos, o pão ficou lindo e acredito que muito saboroso.

bjinhos

Mónica disse...

Nunca tinha ouvido falar deste pão mas parece-me delicioso, realmente com um toque especial :)

Beijinho

anasbageri disse...

Pammy,
Já fui ver como se diz dente de leão em sueco para perguntar à minha sogra se temos por aqui, gosto imenso de cozinhar com elementos e sabores novos.
Não sabia que se devia colocar as sementes de molho!

bjs e boa semana

Ana Rita disse...

Que engraçado, nunca pensei que essas florinhas pudessem ser colocadas na culinária.O pão ficou maravilhoso!!!

Bjoka
Rita

Ana disse...

O pão está muito bonito. Nunca experimentei dente de leão, mas o pão ficou com excelente aspecto.

Beijinho

Ginja disse...

Pammy, estou encantada com esse pão! Vou querer provar, sou uma curiosa por natureza e agrada-me experimentar novos sabores, partir à descoberta. Já me tinha ocorrido colocar alguma infusão floral em pães ou bolos mas nunca experimentei, fico-me por pensamentos.
Um beijinho.

Cucchiaio pieno disse...

Esse pão tem um aspecto excelente! A foto também ficou linda.
Não conheço dente de leão e fiquei curiosa!
Bjim
Léia

Vera Ferraz disse...

O que eu mais gosto na blogosfera é a quantidade de coisas que aprendo... algum dia me passaria pela cabeça colocar dente de leão num pão?!
Parabéns! O post está fantástico! Obrigada pela visita à minha cozinha ☺
Bjinhos

Lina disse...

Olá, Pammy!Adorei esta receita!Nunca usei dente-de-leão, mas agora fiquei curiosa em experimentar, mal chegue a época delas. Gosto muito de utilizar plantas silvestres e esta florzinha é linda!
Gostei também da dica de deixar de molho as sementes, não conhecia!
Obrigada pela partilha maravilhosa!
Beijinhos

Raquelita disse...

pammy
o teu pão está com um aspecto....:D
Nunca imaginaria usar dente de leão, fiquei agradavelmente surpreendida, tu deixas-me espantada...:)
beijo grande
raquelita

Equipe Feito na Hora disse...

Só uma palavra para esse pão: LINDO


abraço
Daniel Deywes
http://feitonahora.blogspot.com