Páginas

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Sopa de urtigas e dente de leão - Wild herbs soup




Scroll down for English

Desculpem este minha pequena ausência das vossas cozinhas, e dos vagos posts aqui no Menu Verde.

O Verão chegou a sério, e ontem foi o meu primeiro dia livre prá aí num mês! Tenho tido muito trabalho mesmo, e agora com uma nova gama de biscoitos a sair às montanhas, é non stop!! Já não posso ver biscoitos à frente!
Mas no fundo é recompensador ouvir  'a culpa é tua, quem te mandou fazer esses biscoitos tão deliciosos!'
Enfim como diz o ditado, 'não há bela sem senão'...

Mudando de assunto..

É nesta época que Solheimar se veste de verde, cobre-se de florzinhas amarelas, cheias de luz que começam a surgir por todo o lado : )
E o nosso jardim, após uma longa espera, eis que vibra de cores; desabrocham os narcisos, brotam as tulipas, surgem os tímidos muscaris e umas quantas mais flores e plantas! E é ver as abelhas e pássaros juntarem-se à festa, num bailado cósmico, celebrando o frenesim de luz! E até os gatos vizinhos vêm atrás da erva gatária, chegam tímidos, mas sabem bem o que querem...
Ora vendo-me perante tanta abundância, fui colher umas coisinhas para transformar na cozinha...

A próxima vez que alguém vos mandar pr'ás urtigas, agradeçam e vão mesmo!



Serve 4
Ingredientes
1,5lt de água
1 cebola pequena
3 batatas grandes
um punhado grande de urtigas jovens
um punhado grande de folhas de dente de leão
azeite, sal e pimenta

Preparação
Enquanto esperam que a agua ferva, lavem muito bem as urtigas (usando luvas), e o dente de leão.
Cortem a cebola e as batatas em cubos.
Começando a água a ferver, adicionem as batatas e a cebola. Deixar cozer tapado em lume brando cerca e 10-15 minutos.
Adicionar as ervas selvagens, e cozer por mais 5-10 minutos. Temperar com sal e pimenta, e finalizar com um fiozinho de azeite.
Passar com a varinha mágica e servir acompanhado com pão fresco e manteiga!

A sopa tem um sabor que relembra nabiças e caldo verde...

Desfrutem :)




English Version

Serves 4
Ingredients
1,5lt water
1 small onion
3 big potatoes
a handful of young nettles
a handful of dandelion leaves
olive oil, salt and pepper

Methode
While waiting for the water to boil, rinse the nettles carefully (use gloves), and the dandelion as well.
Dice the onion and potatoes, reserve.
As soon the water starts to boil add the diced vegetables, and cook with a lid on for 10-15 minutes.
Now it's time to add the wild herbs, cook for another 5-10 minutes.
Season with fresh pepper, salt and a  little olive oil.
Blend with the food processor and voilá! Serve with some nice bread and butter!

The taste of this soup reminds me a mix of some turnip greens and our Portuguese green broth with cabbage!

13 comentários:

anasbageri disse...

Pami,
Aqui tb Sol a valer! Não há vampiro que aguente, 10 da noite e ainda não é noite, imagino por ai!
Gostei tanto da sopa, mas n sei onde encontrar os ingredientes, vou mostrar as tuas fotografias à minha sogra pode ser que ela me ajude.

Que inveja de estares a fazer biscoitos sem fim, se precisares de uma maozinha, faço a mala =D

bjs e boa semana, com mt trabalho!

Ondina Maria disse...

Por cá a sopa de urtigas tem o seu exlibris nas noites de sexta-feira 13, para os lados de montalegre. Confesso que nunca comi mas que adorava experimentar. E agora só me faltam mesmo as urtigas :)

Ana Rita disse...

Xiiii por aqui temos tantas floritas dessas e nunca me passou pela cabeça fazer uma sopita...As urtigas a ultima vez que mexi numa fiquei cheia de bolhas nas mãos mas serviu de exemplo e já lá vão uns bons 26 anos.Era piquinina...

Bjoka
Rita

Ginja disse...

Só tu para fazeres uma sopa tão original!
Confesso nunca ter provado sopa de urtigas, mas fico curiosa.
Tudo o que é novo e diferente desperta curiosidade em mim :)
Aproveita bem o bom tempo por aí!
Um beijinho.

Lenita disse...

Hihihih!
Com a crise que por cá anda, bem via sendo preciso aprender a colher o que a natureza nos oferece de graça!
Obrigada pelas fotos com as platinhas.
Bjs

Mónica Silva disse...

Nunca provei sopa de urtigas mas já me despertou interesse, adorei esse creme verdinho :)

Beijinho

conceicao disse...

Ficou mesmo verdinha, sopa de urtigas já conhecia agora dente leão não, a ver se encontro.
Bjs

Marmita disse...

Olá Pami, mas tu tens uma loja é? Não sabia.. de onde és já agora!! beijos

Marmita disse...

Com isto tudo esqueci-me de te dizer que adorei a tua receita como sempre, beijo :)

Pami Sami disse...

Olá marmita, não tenho uma loja, é uma padaria bio e é na Islândia.. Se passares por cá em férias, tenho muito gosto em te receber! :)
beijinho*

Marmita disse...

:) E eu a pensar que era em Lisboa.. ia já lá amanha! hihih Quem sabe um dia não te contacte, nunca se pode dizer nunca :) beijo

Nita disse...

Pami Sami, deves ter sol que farta nesta altura do Ano, ehehe. Uma vez tive em Estocolmo em Maio e as 4 da manha já era de dia, o que era um pouco confuso , imagino que aí seja bem pior. Padaria bio? Uau... quando passar pela Iceland faço-te uma visita. ..Olha que receita castiça...já estou muito mais tranquila quando me mandarem às urtigas

Mariana disse...

Nunca cozinhei com flores, mas vou tentar porque se existe, é porque varias pessoas já o fizeram e comeram.
Vou perguntar em algum delivery em jardins se tem alguma comida com flores como para experimentar.