Páginas

domingo, 18 de março de 2012

Šaltibarščiai - Sopa fria de beterraba da Lituânia



Saltibar quê? Pensam vocês... Pois é, esta foi se calhar a primeira palavra que aprendi em lituano.
Recuando um bocadinho para vos situar no contexto da minha escolha de hoje; tudo começou aquando chegada da minha querida colega Aisté, lá à padaria. Ora ela vinha de um país que eu mal tinha ouvido falar: da Lituânia...
Nunca me tinha cruzado com ninguém daquelas paragens, mas tinha ouvido uns rumores que as raparigas daquele país faziam umas tartes maravilhosas (teoria mais que aprovada!) Ora um bom começo pensei eu!

Desde cedo, sempre tive o prazer de conviver e trabalhar com pessoas de muitas nações, cada uma delas deixa em mim marcas, do seu povo, dos seus hábitos. Pois sendo eu uma pessoa muito curiosa, estou sempre na 'converceta', ávida por saber tudo e mais alguma coisa sobre os seus hábitos e costumes diversos.

E foi num desses dias quando a Aisté me falou desta maravilhosa sopa, um ícone na dieta Lituana, pois este povo parece adorar beterraba vermelha.
O prato é uma sopa fria, super refrescante e colorida, que se faz acompanhar com batatas cozidas, uma delicia comprovada! Nada melhor para entrar com o pé direito na Primavera!



Serve 2-4 pessoas
Ingredientes 
1 beterraba vermelha grande
1 pepino grande 
2 c.sopa de cebolinho (usei cebola picadinha, pois não tinha cebolinho)
1 c.c. endro
500ml de água 
500ml de leite azedo (mas que raio é sour milk em português? azedar com umas gotinhas de limão, iogurte natural magro também funciona)
sal e pimenta

Batatas cozidas para acompanhar, e um ovo cozido no topo.

Faz-se assim
Em água fervente começamos por cozer a beterraba inteira, com pele, sendo que esta deverá ficar totalmente submersa. Deverá levar uns 15-20 minutos.
Escoar a água da beterraba e deixar arrefecer bem.
Descascar a beterraba e ralar grosseiramente. Colocar numa taça.
Adicionar o leite azedo, água, cebolinho picado e o endro, misturar tudo muito bem.
Cortar o pepino com a pele em cubinhos, e adicionar ao preparado anterior.
Temperar tudo com sal e pimenta a gosto.

Servir de imediato com batata cozida salpicada com endro, como se fosse pão, assim como ovo cozido no centro da sopa (ahhh só agora reparei que me tinha esquecido do ovo cozido!).

Geras apetitas!

Um beijinho especial para a Aisté!


10 comentários:

Manuela disse...

Pammy,
Esta sopa deve ser tão boa! Aqui no Brasil vendem Coalhada (parece mesmo yogurte), que as pessoas em casa fazem deixando o leite à temperatura ambiente até azedar. Nãõ é tão líquido como o iogurte líquido mas não é muito consistente. Deve dar para substituir o sour milk.
Bom domingo.
Bjnhos

Marmita disse...

Tem um aspecto fantástico, super vibrante e lindo. Deve saber muito bem pois eu cá adoro beterraba crua. beijo

são33 disse...

USO MUITO A BETERRABA EM SALADAS.
ACHEI A TUA SOPA, LINDISSIMA .
BJS

Ondina Maria disse...

Adoro beterraba e ando para experimentar uma sopa desse género faz tempo. Agora que o calor começa a dar sinais de vida sabe bem uma sopinha fria :)

Alice disse...

Que linda, a cor ficou fabulosa! Ando há algum tempo a pensar em fazer sopa de beterraba, acho que deve ficar deliciosa e esta tua ainda me está a deixar com mais vontade! Tenho que experimentar um dia destes!:)
Beijocas

anasbageri disse...

Pami,
Penso que em Portugal já há sourcream...
Tu sabes que eu adorrrrro beterrabas, e esta sopa com o endro e o sourcream é mesmo ao meu estilo, ovos cozidos é que não!
Que fantástica deve ser a tua padaria, e falam todos inglês ou como se organizam?
bjs e boa semana

Sofia.Lopez disse...

Olá Pammy,
é tão enriquecedor conviver com pessoas de outros países e culturas, podemos aprender sempre coisas novas...tal como tu também sou bastante curiosa e gosto de guardar um pouco de cada pessoa com quem me cruzei na vida...
Estou apaixonada pela cor desta sopa, ficou linda e vibrante! Deve ser bem fresca, ideal para os dias que vão aquecendo!
Obrigada pela partilha :) e obrigada também à Aisté :)
Um beijinho

Ginja disse...

Pammy,
que sopa refrescante e linda para abraçar a Primavera! Adoro a cor vibrante. Muito boa :)
Um beijinho.

estrela do ar disse...

Deve ser óptima! Eu já fiz creme de beterraba mas improvisado: sopa com batata, courgette, cebola, com uma beterraba. No fim pus noz moscada e umas bolinhas de creme fraiche (pode ser natas, só 3 ou 4 pingas).

Mónica Pinto disse...

Olá pammy!
Que sopa tão linda, a cor é fabulosa e fiquei curiosa por ser uma receita de um país que eu mal conheço mas que pelo que escreveste tem uma cozinha que vale a pena descobrir.