Páginas

terça-feira, 1 de maio de 2012

Cobbler de Ruibarbo e Morango - Strawberry Rhubarb Cobbler



Scroll down for English version


Cobbler vs Crips ou Crumbles se preferirem, eram até há algum tempo conceitos que no meu mundo de conhecimentos gastronómicos se resumiam à mesma coisa... Mistério resolvido! Depois de alguma pesquisa, cheguei à conclusão de que embora os 3 sejam uma espécie de tarte sem fundo de massa; normalmente confeccionados num pirex; as suas diferenças são pequenas, e aparecem mais adiante...

Este tipo de sobremesa, é super fácil de confeccionar, e é uma óptima escolha quando a fruta fresca da época abunda.
Experimentem servir com uma bolinha de gelado e baunilha, e têm um  manjar à vossa frente!

Os cobblers, consistem basicamente numa tarte farta de frutas, com uma cobertura grossa de uma massa macia.
Já os Crisps, esses diferem apenas na cobertura que é normalmente mais fina e crocante; em termos de conteúdo não serão diferentes dos Cobblers.
Quanto aos Crumbles, são apenas o nome comum para os Crisps, mas mais usado na Inglaterra.

Interessante ainda, saber a origem deste tipo de pratos. Surgiram como forma de contornar a escassez de ingredientes, assim como o acesso limitado a utensílios de cozinha, que as colónias Britânicas enfrentavam em solo Americano recém pisado.
Assim sendo, por necessidade, os colonos Britânicos deram a volta à situação criando este novo tipo de pratos.



* * *
Serve 4
Ingredientes  Recheio
150gr morangos (usei congelados) Deêm preferência aos biológicos, pela vossa saúde ; )
150gr ruibarbo (usei congelado, mas no resto da Europa penso encontrarão fresco)
100gr açúcar
raspa de 1/2 lima biológica
1/2 c.café cardamomo moído
1/2 c.café canela em pó

Preparação
Untar 4 ramkins pequenos com manteiga, e polvilhar com açúcar.
Pré aquecer o forno a 180ºC.

Se optarem pelas frutas congeladas, retirem do congelador com antecedência, e guardem os sucos que resultaram do descongelamento. 
Se usarem fruta fresca (ui que inveja!), lavar tudo muito bem e picar grosseiramente.
Colocar todos os ingredientes num tacho e levar ao lume, incluindo os sucos . Deixar cozer lentamente, sem levantar fervura. Mexer suavemente, envolvendo todos os ingredientes.
Assim que tenham obtido um puré grosso, tipo compota, retirem do lume e deixem arrefecer.

Ingredientes cobertura 
150gr farinha 
1 c.c. fermento em pó
30gr manteiga amolecida
uma pitada de sal
190ml de natas

Preparação
Começar por misturar os ingredientes secos com a manteiga amolecida. Assim que manteiga esteja bem distribuída, incorporar as natas  liquidas até obter uma massa pastosa. Reservar.

Montagem
Distribuir a compota pelas 4 forminhas, finalizar com a massa reservada.
Levar ao forno 180ºC durante 20-30 min.
Servir ainda quente com uma bolinha de gelado : )



English version


Cobbler vs Crips or Crumbles as you wish; not long time ago were merely concepts in my world of gastronomic knowledge. And I always thought people were talking about the same thing...
Well, mystery solved! After a little research, I found that the 3 of them are bottom-less-crust-kind- of-pies, traditionally baked in a baking dish,; well nothing new.. Now, you ask, what's the difference then?

Cobblers are basically a pie with no bottom crust, made with what ever fruit in season, topped with a thick, soft yummy crust.  
Crisps, they can be exactly the same thing, but the topping crust as the name suggests is more crispy and thinner.
About the Crumbles, they happened to be just like the Crisps; apparently that's the name they are known for in England.

Not less interesting is to look for the origin of these kind of dishes. 
They first appeared as way of overcome the shortage of ingredients, and also the limited access to kitchen tools faced by the early British American colonies. Therefore, as a necessity, British settlers ended up developping this new kind of dishes.



* * * 

Serves 4
Ingredients Filling
150gr Strwaberies (I used frozen ones) Try to use organic ones 
150gr Rhubarb (I used frozen as well)
100gr sugar
Grated zest from 1/2 lime
1/4 tsp. cardamom powder
1/4 tsp. cinnamon

Method
Grease 4 small ramkins, dust with some sugar, set aside.
Pre-heat the oven at 180ºC.

If you will be using fronzen fuits, take it out from the freezer, and let it thaw properly. Save all the juices.
If using fresh fruits (lucky you), rinse everything properly and cut in big chunks.
In a pot, combine all the ingredients together, including the juices. In a low heat let everything simmer, stirring once in a while.
Finally when it starts to look like jam, remove from the heat, and let it cool.

Ingredients topping 
150gr flour
1 tsp. baking powder
30gr soft butter
pinch of salt
190ml cream

Method
Combine all the dry ingredients with the soft butter. Pour the cream, and mix well until you get a thick paste-like dough. Reserve.

Assembling 
Divide the jam through the forms, and top it equally with the reserved dough.
Bake at 180ºC for about to 20-30 min.

Serve warm with a nice scoop of vanilla ice cream.





16 comentários:

Lina disse...

Olá, Pammy!Que coincidência!Por acaso tenho morangos e ruibarbo biológicos congelados! E estou com uma vontade louca de fazer esta receita, parece-me simples e deliciosa!
Beijinhos

Pami Sami disse...

Lina, hehe coincidência ou mão do divino hehe! Quero saber como correu, depois conta!..
beijinho*

Ana Rita disse...

Tenho tanta curiosidade com o ruibarbo.Ainda não consegui arranjá-lo e tenho visto receitas deliciosas com ele. Esta também ficaria em lista pois com esta apresentação dá vontade de meter a colher.
Bjoka
Rita

Mónica Silva disse...

Pami adoro crumbles, tão simples e uma sobremesa que fica sempre tão bem na mesa. Gostei desta sugestão.

Beijinho

Pami Sami disse...

Ana Rita, quando vivia em Portugal, lembro-me de ter visto no pingo doce salvo erro..
Bijinho*

frango do campo disse...

uma sobremesa deliciosa e muito bonita :)

Carla disse...

pami,
Infelizmente dificilmente encontro ruibarbo, seja fresco ou congelado. Já dos moramgos não posso dizer o mesmo que estamos por aqui em plena época deles. Fazem parte das minhas compras semanais de fruta até acabarem. Por vezes faço crumble com eles, coblers nunca experimentei, mas fiquei a água na boca com estes.
Beijinhos

Marmita disse...

Nunca provei ruibarbo mas estou mesmo tentada em fazer uma busca por os hipermercados cá da cidade a ver se encontro, ficaram lindas as fotos! beijos

Ginja disse...

Pammy, lindas fotos!
Eu adoro crumbles e cobblers, divinais com frutas. E com uma bolinha de gelado...quando a gula aperta!
Tenho ruibarbo crescido no meu quintal, pela primeira vez! Estou tão contente. Adoro combinado com morangos.
Um beijinho.

ritmos disse...

Ruibarbos fresquinhos já há na zona de Lisboa em Sintra, no mercadinho de frutas/legumes em Almoçageme (fdsemana) e na Quinta dos 7nomes no Banzão.
Com eles tenho feito receitas divinais ! Boa sorte

anasbageri disse...

Pami, aqui o ruibarbo já chegou!
Adorei saber as diferenças entre as sobremesas, tb andava com essa dúvida.

bjs

Le Passe Vite disse...

Yaaami! Que bom aspecto! Nunca provei ruibarbo... ando sempre à procura mas nunca vi à venda. Mas depois destas fotos assim que encontrar vou direitinha para a cozinha fazer um cobbler! Tenho dito! :)

Rita disse...

Pami, eu adoro tudo o que seja crumbles/crisps/cobblers. Demorei tanto tempo a decidir-me a experimentar um, mas desde então é das sobremesas mais pedidas lá por casa. Este teu cobbler parece-me delicioso! A mistura de morangos e ruibarbo deixa-me curiosa, mas não sei onde poderei comprar o ruibarbo. Podes dar-me uma dica? Beijinho!

compassionatecuisine disse...

Descobri o teu blog e estou a adorar ! É bom ver outros blogs vegetarianos portugueses ;)

Moira disse...

Nunca fiz nenhum cobbler e nunca provei ruibarbo, o que faz com que esta sobremesa se torne mesmo apetecível :) no entanto por cá não se encontra o ruibarbo facilmente.
Bj

Joana disse...

Ficou com um aspecto maravilhoso!!