Páginas

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Ruibarbo Streusel kuchen - Especial São Valentin



Este ano para celebrar o dia dos namorados, escolhi um bolo típico da cultura gastronómica germânica.
Encontrei um restinho de ruibarbo nas profundezas do meu congelador; olhei para ele, e as memórias dos Streusel Kunchen invadiram-me de tal maneira que não descansei enquanto não o transformei num perfumado bolo! 

A receita foi adaptada da revista alemã Laura Backen im Frühling do ano passado, que nesse caso era com cerejas. E eu própria já os fiz com abrunhos, e alperces. São realmente bolos muito especiais, onde o contraste doce e acido se envolvem apaixonadamente; perfeito mesmo seria fazer-se acompanhar por uma sublime Wiener melange . Ahh saudades de Viena...

 

Para forma de +/- 25 cm

Ingredientes Recheio
600gr ruibarbo (usei congelado)
50gr açúcar integral
2 c.chá gengibre fresco triturado
1 c.c. cardamomo em pó
1 c.sopa de sumo de lima

Preparo
Colocar todos os ingredientes numa caçarola e levar ao lume sem levantar grande fervura. Deixar assim a cozer lentamente, até que o ruibarbo se desfaça por completo e se transforme numa compota.
Retirar do lume e deixar arrefecer bem. Reservar.

Ingredientes para base e topo
300gr manteiga amolecida
425gr farinha
225gr açúcar integral
1 c.sopa de açúcar baunilhado
200gr de amêndoa moída (eu costumo faze-lo em casa)
25 gr de amêndoa laminada para finalizar

Preparo 
Untar uma forma de tarteira (fundo amovivel) de 25cm, pré-aquecer o forno a 180ºC.
Colocar todos os ingredientes numa taça larga e desfazer a manteiga com as pontas dos dedos até obter uma textura areada.
Este processo será facilitado com a ajuda de um mixer de cozinha, usando a pá plana.
Assim que a nossa massa esteja bem homogenizada, transferir 700gr para a forma préviamente untada.
Pressionar bem para dar forma à base deste Streusel kuchen, não esquecendo os lados da forma, pressionar com os dedos contra o anel da forma. de modo a ficar com alguma altura.

Se a base do bolo estiver muito instável, colocar a forma durante alguns minutos dentro do frigorífico para que fique mais firme.

Verter a compota para dentro da base e espalhar uniformemente.
Cobrir com a restante massa, apertando-a na mão, dando forma a pedaços grandes que conferirão uma textura ainda mais crocante.
Salpicar com a amêndoa laminada e levar ao forno durante 25-30minutos.
Se a amêndoa começar a queimar cobrir com um papel de alumínio.

Desejo-vos um apaixonado dia de São Valentim, e bons momentos a dois :)

12 comentários:

Ana Rita disse...

Com uma apresentação destas o Dia de São Valentim fica bem mais doce!

Bjoka
Rita

Mónica disse...

Creio que fizeste a escolha acertada, adorei as fotos :)

Beijinho

anasbageri disse...

Pammy,
Já vi que viste o link para o foodmatters project, ia agora enviar-te uma mensagem pq pensei que te podia interessar, eu já lhes enviei uma mensagem a pedir para me juntar ao grupo.
A tua Tarte ficou linda,como tudo o que partilhas connosco , gosto muitoderuibarbo e cardamomo, e esta receita parece mt versátil.
Bjsbjs

Ana disse...

Acho que fica uma sobremesa fantástica!

Beijinhos

Ondina Maria disse...

Ficou um bolo lindíssimo: o crocante da massa e o torradinho das amêndoas a contrastar com o recheio macio. E, tanto o bolo como o dia dos namorados, podem ser quando nós quisermos :D

são33 disse...

ESSA TARTE FICOU LINDISSIMA .
E QUE DELICIA QUE DEVE SER..
UMA EXCELENTE SEMANA
BJS

Ginja disse...

Ficou lindíssimo. A combinação de sabores, o ruibarbo e o cardamomo, a amêndoa, faz-me sonhar com uma fatia :)
Um beijinho.

Marmita disse...

Que aspecto fantasticos.. adorei a junção dos ingredientes! perfeito!! beijos

Cozinha Tricolor disse...

Fiquei rendida a estas imagens. Imagino o agradável aroma. Mham!

Su disse...

Pammy,
Por alguma razão ainda não conhecia este pequeno e belo cantinho... e ainda por cima verde :D
Adorei as sugestões que nos apresentas. E esta tarte está simplesmente fantástica.
Beijinhos grandes

regina disse...

Acabei de cair aqui e fiquei maravilhada :) esta tua cozinha é deliciosa. Adorei cada receita fantástica. Obrigada pela partilha.
Beijinhos

Suzana disse...

Pammy,

Que lindo bolo! Eu tenho uma predilecção por ruibarbo e fico sempre apaixonada por bolos com streusel. É assim um compromisso entre bolo e crumble ou o melhor dos dois mundos! Não pode haver melhor. ;)

Um beijo*