Páginas

domingo, 19 de agosto de 2012

Xarope de Groselhas


Scroll down for English version

O Verão por cá já vai terminando, os dias mingam as olhos vistos; a noite regressa em bicos de pés, e traz com ela as estrelas, e as formosas auroras boreais...
O sossego regressa à nossa vila; o corrilão de turistas e transeuntes já lá vai. E agora é tempo de relaxar, recuperar forças de um Verão épico que extorquiu toda a energia...

Este final de Verão é também sinónimo abundância! Chega até nós a época dos mirtilos e groselha; o ano foi generoso e encheu a paisagem de pintinhas azuis e vermelhas : )

E que fazer com tamanha abundância? Cá em casa temos comido mirtilos todos os dias, e confesso que quando saio para os colher no final do trabalho, já não janto! Barrigadas de mirtilos deixam-me sem fome, mas como diz a minha mãe 'quem não come por ter comido, não é doença de perigo!' hehe : )

Hoje trago-vos uma sugestão com groselhas vermelhas. Muito simples, e devo dizer que tão cedo não comprarei xaropes para beber com água!!



Ingredientes
Groselhas vermelhas
Tomiljo serpão, ou tomilho limão
Açúcar
Água



Modo de preparo
Reúnan todas as groselhas que consigam encontrar; lavar com água abundante. Não se preocupem em remover os os pauzinhos.
Colocar num tacho; cobrir com água. Não exagerar na quantidade de água, apenas o necessário para que fiquem cobertas.
Levar ao lume e deixar levantar fervura, reduzir e deixar cozer em lume brando uns 5 minutos.
Retirar do lume e passar por um passador de rede fina, ou pano de musselina. pressionar levemente para libertar todo o sumo que conseguirem.
Medir o liquido obtido.
Por cada litro de sumo, usem 900gr de açúcar, e um raminho de tomilho.

Colocar todos os ingredientes num tacho e levar ao lume até levantar fervura, e até que açúcar esteja dissolvido. Não deixem cozer demasiado, caso contrário obterão geleia!!

Filtrar um vez mais, para eliminar qualquer impureza. Ainda quente, verter para garrafas esterilizadas. Selar bem.
Pasteurizar para que o xarope se conserve durante mais tempo!

Desfrutem, diluído em água e com umas pedrinhas de gelo!

English version

Red currant syrup


Ingredients
Red currants
Artic thyme, or lemon thyme
Sugar
Water



Methode
Gather as many red currants as you can find; rinse well trough.
Place the red currants in a pan with water, just until they are covered.
Bring to boil, reduce the heat and simmer for 5 min.
Remove from the heat, and strain gently trough a fine mesh or cheese cloth, getting as much juice as you can.
Measure the obtained liquid.
Now, for each liter of juice you will need 900gr of sugar, and a sprig of thyme.

Place all the ingredients at once in a large pan, and bring to boil, letting all the sugar to dissolve completely.
Do not boil it for long, otherwise you will end up with some jelly!
Strain it once more, to get rid of some impurities.
Store in some sterilized bottles while hot, and seal well.
If you want to keep it for long, you will have to pasteurize the bottles.

Enjoy, solved in water with some ice!



9 comentários:

Manuela disse...

Olá Pami!
Adoro tudo o que conserva o Verão para nos alegrar durante o Inverno. Das compotas às geleias, dos frutos secos aos xaropes.
Na infância não era muito amiga de groselha, mas a tua tem um ar tão fresco e natural que até me ficou a apetecer um copo.
Bjnhos

Ondina Maria disse...

Que maravilha, quem me dera ter assim tantos mirtilos e groselhas. Por cá o meu arbustinho vai dando bolinhas azuis, mas nada que dê para tirar a barriga de misérias. E as caixinhas do supermercado têm um preço proibitivo... Adiante!
Adorei esta sugestão de xarope, que venham as groselhas! :D

O Sexo e a Idade disse...

Adoro estas coisas!
Obrigada pela partilha; vou experimentar!

Luciana Burko Maciel disse...

Olá Pami,

você deixou um recadinho em meu blog e resolvi visitar o seu.
Achei as receitas muito bacanas.
Parabéns pelo seu trabalho!

Luciana B. Maciel

Blog do Chocolate disse...

Olá Pami,

Onde é que colhe tantos mirtilos e gorselhas ? :-)
Infelizmente não conheço local assim, mas tenho muita pena...
Tenho de os comprar e são bem caros, por sinal !

Este ano também fiz xarope de groselha, tal como o seu que ficou com uma linda tonalidade ! :-) Adoro, bem fresquinho.

Beijinhos

Pami Sami disse...

'Blog do chocolate' infelizmente para vocês, caras leitoras, não é em Portugal! É na Islandia, onde os mirtilos e groselhas são parte da flora nativa!! Mas em Portugal há amoras e morangos silvestres, é só uma questão de adaptar :)

Marmita disse...

Hmm que optimo aspecto.. e se eu não gostasse de bebida assim leves e frescas! Adorei um beijo

Nizz disse...

Que boa ideia :) Parece óptimo para fazer cocktails também ;)
Beijinhos
Inês

Lenita disse...

Olá Pami,
estou a imaginar a beleza dessa flora nativa, a paisagem salpicada de vermelho e preto, que lindo.
Ideias refrescantes que apresentas, imagens tão lindas.
Que sorte poder apanhar estas bagas assim no ambiente selvagem, mas é como dizes por cá há amoras e na minha zona há também camarinhas, bagas brancas lindas.
Bjs