Páginas

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Compota morangos silvestres





Scroll down for English version

Infância, tempos de inocência, onde delicadamente aprendemos a educar os nossos sentidos...
Todas as experiências marcaram e moldaram os nossos gostos, a nossa personalidade, os nossos caprichos!
A minha infância, relembro-a vividamente, repartida entre a minha casa, a  casa da minha avó e quinta da minha tia Idalina. Creci no campo; entre moranguitos silvestres apanhados para um saco de arroz malandrinho, e vestidos borratados com nódoas das sumarentas amoras a que ia deitando a mão. Pés encardidos pela poeira das estradas de terra batida e os cabelos enriçados onde tudo ia parar! Enfim, uma feliz infância, com as peripécias do costume...

Esta compota que vos trago hoje faz-me recordar esses tempos, pelo seu distinto e adocicado aroma.



Ingredientes
200gr de morangos silvestres (não apanhem perto de estradas ou sítios que possam estar contaminados com pesticidas!)
150gr açúcar
1 c.chá aguardente velha

Preparação
Lavar cuidadosamente os morangos, tendo atenção para não os danificar.
Colocar tudo num tacho inoxidável, e cozer lentamente até atingir a consistência de doce.
Repartir por frascos esterilizados. Deverá conservar-se por largos meses!
Guardar no frigorífico depois de aberto..



 English Version


Ingredients
200gr wild strawberries (avoid picking them near roads, or places you suspect that might contain pesticides!)
150gr sugar
1 tsp. old cognac

Methode
Carefully wash the strawberries, so you don't damage them.
Place all the ingredientes in stainless steel pot and simmer at low temperature until you get a jam-like product.
Divide through pasteurized jars. It shall keep well for a couple of months, but refrigerate once opened.

Enjoy the Summer!

15 comentários:

Romy Almeida disse...

Que delicia de compota... hoje também tinha programado fazer uma compota de morangos mas qual o meu espanto... não havia à venda no sitio habitual :(
Que desilusão... terá de ficar para outro dia :P

Bjokas

são33 disse...

ESTE ANO AINDA NÃO FIZ, NUNCA USEI AGUARDENTE MAS ACHEI INTERESSANTE.
O ASPECTO AGRADOU-ME.
BOA SEMANA
BJ

foodwithameaning disse...

Que fotos magníficas! Esta compota é muito tentadora. E adorei as redordações de infãncia.Memórias de tempos idos mas felizes.
Gostei muito de ter passado por cá.
Um abraço.
patrícia

Ana Cooks disse...

Esta compota tem o melhor aspecto q já vi na vida!!!

Lenita disse...

Já comprei morangos várias vezes para fazer compota... mas ainda não fiz, ahahah! Acabam antes disso!
Que maravilha poderes apanhar morangos silvestres, aqui não minha zona nunca vi, se os houvesse os passarinhos encarregavam-se deles depressa!
Que lindos os teus frasquinhos!
A sugestão da água ardente agrada-me muito!
BJS

Uena disse...

Nhaaaam!
Babei-me toda! :)

Carla disse...

Pammi,
Esses moranguinhos silvestres ficaram-me na retina. Tão lindos, que apetece mesmo trincar. Ficou também o apontamento do conhaque. Normalmente uso vinho do Porto que combina muito bem com os morangos, mas o conhaque deve dar outra personalidade á compota.
Beijinhos

Ginja disse...

Ficou perfeita a textura desta compota.
Que linda! E as fotos, quase fazem sonhar com outros tempos, recordações de infância.
Beijinho.

Sanda Vuckovic Pagaimo disse...

Adoro morangos silvestres,lembra me a minha infancia. Divinal!!!

Moira disse...

Deve estar divina, eu pelo menos imagino-a assim, já que nunca comi morangos silvestres.

Sandra Batista disse...

Olá!
Que saudades de visitar este recanto e logo me deparo com imagens fantásticas! Adoro compota de morangos e aida por cima silvestres que delicia amiga!!
Beijinho e volta sempre ;)

Márcia Gonçalves disse...

São memórias de uma infância feliz :)
Adorei a receita, a tua compota está com um aspecto incrível!

chris disse...

Amei o seu cantinho com coisas deliciosas, uma espaço encantador , estou te seguindo para nao perder nadinha das suas delicadas delicias..parabéns e bjocas

Nizz disse...

Olá! Vim visitar o blog e gostei imenso :) Fotografias lindas, e as receitas parecem muito boas!
Gostei especialmente deste post, adoro doce de morango, especialmente quando os morangos têm travo selvagem!
Beijinhos

O Sexo e a Idade disse...

O Deus tenho andado aqui a cuscar o blog e estou deliciada!
Rendida!
Que maravilha!
Estou a segui-la e já não a perco de vista!