Páginas

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Bolo Saúdavel de Cenoura



Isto dos apetites... Ultimamente tenho andado a pensar em gulodices mais saúdaveis, e no trabalho também temos andado com esse assunto muito em foco, ora tendo eu umas mini fériazinhas pela Páscoa deitei mãos à obra!
Apetecia-me algo com cenoura, e lembrei-me do bolo de cenoura da minha mãe, acrescentei assim uns pózinhos de perlim pim pim e já está! E o resultado está à vista:

Ingredientes
2 chávenas de farinha 
1 chávena de óleo girassol
1 chávena de açúcar amarelo (mal cheia)
1 cenoura grande, raspada grosseiramente
3 ovos
1 c.chá de fermento em pó
1 c.chá de canela 
pitada de sal
pitada de noz moscada
1/2 (ou mais) chávena de sementes, abóbora e girassol



Modo de Preparo
Pré aquecer o forno a 180ºC, preparar um forma de bolo inglês, untada nos topos, e com papel vegetal cobrindo o resto da forma (o papel vegetal ajudará a desenformar mais facilmente).

Com uma vara de arames, bater os ovos inteiros juntamente com o óleo, adicionar o açúcar e continuar a bater até estar tudo bem ligado.
À parte envolver a farinha com as especiarias, fermento em pó, cenoura ralada e sementes. Misturar bem de forma a que todos os ingredientes fiquem cobertos com a farinha, isto impedirá que os ingredientes se depositem no fundo do bolo.
Adicionar a farinha à mistura dos líquidos, envolver suavemente até obter uma mistura homogénea.
Verter a massa para a forma e levar ao forno cerca de 45 minutos.

Desfrutem com um cházinho ou café...

domingo, 17 de abril de 2011

Solheimar, uma nova fase da minha vida...


Coffee house em Sólheimar.
 
   Pois é, muitos de vós já terão reparado o quão irregulares têm sido as minhas publicações. Tem sido por boas razões! A minha vida mudou muito desde o inicio deste ano, mudei de país, trabalho, e de estado de alma... O meu coração está muito feliz, nunca me senti tão realizada, a minha vida tráz-me coisas boas todos os dias; estou rodeada de pessoas maravilhosas! Tenho tido desafios atrás de desafios e sempre com resultados visíveis e recompensadores.. Adoro o que faço e amo todas as pessoas desta comunidade, elas enchem-me o coração todos os dias :)  Grande bem haja a Sólheimar por esta maravilhosa oportunidade!

Ontem realizou-se o encontro anual de amigos e patrocinadores da comunidade, incluindo a abertura do novo web site, daí eu ter estado presente a apresentar os produtos que tenho vindo a desenvolver, alguns desses produtos com o apoio de pessoas espectaculares que me inspiraram imenso!

Agora deixo-vos algumas fotos para vos mostrar os produtos que tenho andado a desenvolver. Eles são fruto de um trabalho apaixonado e dedicado...



Três tipos de sopa, para degustação. O lançamento no mercado prevê-se já para o inicio do Verão!
Duas destas sopas podem consultar as receitas aqui 
e

 Sopa de abóbora e laranja

Sopa de Beterraba vermelha

Sopa de ervilhas

As três fabulosas cores, conseguidas apenas com o que a natureza dá!

As tartes de maça e canela, que já estão no mercado!!

 Chutney de cenoura e amêndoa, em breve postarei aqui a receita.

Azeites e vinagres aromatizados. mnhhhhh...

Vinagre francês, e Vinagre de mirtilos. No mercado no início do Verão.

Vinagre de mirtilos, tem um aroma e cor apaixonantes!

 Azeite aromatizado com basílico e limão, e Azeite aromatizado com ervas e citrinos. Serão lançados no mercado também o mais tardar no início do Verão.


Agora já ficaram a conhecer o meu trabalho. É super interessante e há muito espaço à criatividade, sem dúvida encontrei o meu lugarzinho no mundo das culinarices! Aqui, a apreciar cada momento!

***

domingo, 10 de abril de 2011

Bolinhos de alfarroba e côco



Andava assim com uns desejos de alfarroba, e como tinha ainda aí um restinho que trouxe de Portugal, foi pesquisar um bocadinho, e por mãos à obra.
Inspirei-me na receita do blog Receitas da romy, mas acabei por fazer algumas alterações...
O resultado foi este...

Ingredientes
2 chávenas de côco ralado
2 chávenas de farinha
1 chávena de farinha de alfarroba
1/2 chávena de óleo de graínha de uva
1 chávena de açúcar integral
1 chávena de leite (usei de arroz)
pitada de sal
2 ovos



Modo de preparo
Pré aquecer forno a 180ºC, preparar forminhas de papel pequenas.
Bater ovos inteiros e óleo, assim que obtiverem uma mistura cremosa adicionar o açúcar, mexer bem.
Juntar côco ralado e envolver bem; em seguida adicionar as restantes farinhas,e uma pitada de sal, mexer suavemente até obter mistura homogénea.
Por fim adicionar o leite pouco a pouco até obter uma massa pastosa fácil de trabalhar.

Tendo por medida uma colher de chá, distribuir a massa pelas forminhas.
Levar ao forno cerca de 15-20 minutos.

Servir com chá mhhhmmm :)

Feijão e Grão de bico - Sempre à mão



A sugestão de hoje não é própriamente uma receita, mas sim uma dica muito útil.
Por questões ambientais, de saúde, e financeiras comecei há já algum tempo a utilizar este método de preserva de leguminosas.

Muitas das leguminosas enlatadas/enfrascadas disponíveis nos supermercados contêm aditivos supérfluos prejudiciais à nossa saúde. 

E porque não fazer as nossas próprias leguminosas enlatadas/ enfrascadas?     Deste modo controlamos todo o seu conteúdo, evitando o uso de químicos prejudiciais à saúde; ajudamos o meio ambiente, pois reduzimos bastante o número de embalagens que vão parar ao lixo; e até poupamos dinheiro, pois as leguminosas secas ficam muito mais em conta!
Razões mais que suficientes para por mãos à obra!

Este método funciona com vários tipos de leguminosas, sendo que os tempos de cozedura variarão consoante o produto utilizado.


Ingredientes
1kg de feijão vermelho/ grão de bico etc
Água abundante
sal

Modo de preparo
Na noite anterior, deixar o feijão de molho num recipiente largo com bastante água.
No dia seguinte, retirar alguns feijões que estejam a boiar à superfície, lavar bem e escoar.
Colocar os feijões num tacho grande e cobrir abundantemente com água.
Cozer em lume alto, assim que comece a formar uma espuma suja à superfície, retira-la com a ajuda de uma colher de pau. Adicionar sal e mexer bem.
Baixar o lume e deixar cozinhar em lume brando.
Ir mexendo ocasionalmente e verificar se necessita de mais água e sal.

Entretanto perto do final da cozedura, colocar cerca de 6 frascos grandes, bem lavados no forno, a 160ºC, durante 10 minutos. Ferver respectivas tampas em água.

Estando o feijão cozido (cerca de 1.15h, atenção para não cozer demasiado), verte-se ainda quente para os frascos acabadinhos de sair do forno. Manusear com cuidado! Atenção para não se queimarem!
Colocar os frascos cheios sobre um pano (se colocarmos numa superfície fria, poderá ocorrer um choque térmico, e os frascos poderão partir-se) e tampar de imediato.
Assim que completar-mos o último frasco, passamos à fase da pasteurização.
Num tacho largo e fundo, colocamos uma grelha de metal (tipo daquelas para colocar os tachos na mesa), sobre esta colocamos os frascos e cobrimos totalmente com água. 
Levar a ferver durante 20 minutos. Afastar do lume e retirar os frascos cuidadosamente. Guardar na dispensa.
Assim que os frascos arrefecerem ouvir-se-á um click da tampa, pois o seu conteúdo contrai-se formando vácuo!

Boas criações! :)